Q&A: Qual o real impacto da Inteligência Artificial para o Mercado de Capitais?

Tenho acompanhado seus cursos, gosto muito dos “resumos da ópera” e “insights” diferenciados, como você seguidamente comenta, e gostaria de um resumo em termos de impacto real da IA para o mercado de capitais? – Marcelo

Olá Marcelo, muito obrigado, em primeiro lugar, é importante perceber que a Inteligência Artificial é um conceito muito amplo e aberto. Basta sair perguntando por aí o que é AI e logo você receberá as mais variadas respostas, por mais qualificados que sejam os especialistas que você consultar.

Seja como for, minha visão é bastante simples: as máquinas podem aprender tudo que as pessoas aprendem na área de Mercado de Capitais, com a vantagem de aprender de forma muito mais rápida e até mesmo em tempo real.

Entretanto, isso não significa que elas são superiores aos traders, investidores ou gestores humanos por uma razão também muito simples: a AI é ainda extremamente especializada, e a capacidade de generalização delas muito restrita, se comparada à inteligência humana, muito mais genérica e completa.

Porém, para responder em relação ao real impacto, outro ponto relevante nesse cenário, no meu entender, é a questão de Inteligência Coletiva, uma vez que pessoas e máquinas cada vez mais pensam em conjunto, e essa talvez seja a grande força de risco e oportunidade para todos traders e investidores, amadores e profissionais, pois qualquer visão em relação ao futuro de um cenário assim é mera especulação!